Cultura Árabe em Foz do Iguaçu

Cultura Árabe em Foz do Iguaçu

Estima-se que os primeiros imigrantes árabes chegaram nos anos de 1940. Mais tarde, entre os anos de 1970 e 1990, a população árabe em Foz cresceu ainda mais. Esta imigração foi motivada especialmente pelo comércio em Ciudad Del Este e pela busca de maior qualidade de vida.

Conforme a comunidade Árabe foi crescendo, estruturas socias foram sendo constituídas. Hoje existem instituições com interesses e fins diversos cultivando a cultura Árabe em Foz do Iguaçu.

arábes em foz

Mesquita

A Mesquita Omar Ibn Al-Khattab, construída na década de 1980, é um espaço para oração e reflexão. É possível visitar a Mesquita seguido algumas normas. Homens não podem entrar no local com bermudas curtas. Mulheres devem trajar saias longas ou calças e cobrir a cabeça com um véu. É disponibilizado locação de roupas no local para garantir a visitação respeitando os costumes da religião.

Mesquita Muçulmana Foz Iguacu 1

Ramadã

O Ramadã é um período sagrado. No nono mês do calendário islâmico os muçulmanos jejuam durante o dia, rezam e celebram a revelação do Corão, o livro sagrado, ao profeta Maomé. O início do Ramadã depende do início do ciclo da lua crescente no calendário islâmico. O mês de jejum dura 29 ou 30 dias, dependendo do ciclo da lua. Durante o mês do Ramadã, os mulçumanos devem passar o dia sem beber (exceto água) ou comer nada.

Culinária Árabe

O melhor da culinária Árabe é facilmente encontrado em Foz do Iguaçu. Pratos típicos como kafta, kibe, babaganush e shawarma são facilmente encontrados na cidade. Três locais se destacam: Castelo Libanês, Doceria Albayan e o recém inaugurado Le Mir.

culinária árabe

A ANV leva você para conhecer as belezas e delícias da cultura Árabe em Foz. Entre em contato pelo WhatsApp.